Notícia

Data da notícia:24/05/2020

Vacinas reprodutivas e a Tecnologia

A eficiência reprodutiva é um fator de grande impacto no retorno econômico da pecuária. Sabe-se que doenças infecciosas são responsáveis por cerca de 40 a 50 % das causas de perdas de gestação, sendo que a rinotraqueíte infecciosa bovina (IBR), a diarréia viral bovina (BVD) e a leptospirose vêm sendo associadas com estas desordens reprodutivas.

.

Pode-se considerar que no Brasil essas três doenças têm caráter endêmico, sendo mais ou menos frequentes em determinadas regiões. Espera-se, portanto, que seu impacto na eficiência reprodutiva dos rebanhos seja preocupante, acometendo diretamente a taxa de prenhez e a perda gestacional e indiretamente a produtividade do animal.

.

É de suma importância que o produtor rural juntamente com o médico veterinário responsável, elaborem um calendário sanitário no qual deve constar as respectivas vacinas para essas três enfermidades. O @cowtrolsoftware vai além dos tradicionais calendários, ele disponibiliza uma série de alertas para que o produtor não deixe de fazer a vacinação do rebanho, pois um rebanho livre de doenças reprodutivas é um rebanho que proporcionará uma maior lucratividade ao produtor.